Nessa primeira etapa, o aluno solicita a matrícula exclusivamente pelo sistema acadêmico SIGAA. As solicitações para cada componente curricular (disciplina) são processadas considerando-se aspectos como existência de reservas de vagas, IRA Geral dos estudantes interessados e situação do aluno solicitante com relação ao fluxo de seu curso (aluno nivelado, aluno atrasado, aluno adiantado e aluno livre).

Quando a etapa é encerrada, a Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) processa as solicitações e confere a cada estudante o status de “matriculado” (quando a solicitação é aceita), “indeferido” (quando a solicitação não é aceita por ausência de vaga) ou “em espera” (quando há espera por uma vaga em outra turma, no caso de haver mais de uma para o mesmo componente curricular).

Saiba mais

Antes da matrícula curricular e durante o período de demanda de turmas, toda coordenação requisita certo número de vagas que devem ser reservadas aos alunos de seu curso em um determinado componente curricular. Assim, na hora da matrícula, eles terão prioridade. As demais vagas do total ficam disponíveis para estudantes de cursos que não demandaram nenhuma vaga. Por isso, é importante manter uma jornada sempre linear na graduação, sem reprovações ou pendências.